Documento sem título
 
 
 
     
Documento sem título
Índice Ultravioleta
 
AlmaNews
 
w Notícia - Risco de Covid-19 ao ar livre é quase zero Risco de Covid-19 ao ar livre é quase zero

Depois de meses sem ceder, finalmente os números de contaminados e de mortes por covid-19 seguem em queda no Brasil. A pandemia não acabou e ainda há risco de pegar Covid enquanto não houver vacina.

Mas com a flexibilização de restrições sanitárias, a sensação é de que tudo está “voltando ao normal”, com gente nas praias, parques, shoppings e outros lugares públicos.

Cerca de 76% do estado de São Paulo, por exemplo, entrou em fase verde, estágio que permite o retorno de quase todas as atividades, inclusive a reabertura de cinemas e teatros, com ocupação reduzida e diversos cuidados. Ainda assim, é importante lembrar que a pandemia não acabou e os cuidados devem ser mantidos.

Posso pegar Covid ao ar livre?

Se você quer pecar pelo excesso nos cuidados e curte natureza, as coisas ficam muito mais fáceis de equilibrar. Mantendo os cuidados como higienizar bem as mãos, usar máscara, ficar cerca de 2 metros distante de outras pessoas e evitar aglomerações, os espaços ao ar livre estão entre os mais seguros. Pedalando, fazendo trilha ou escalando ao ar livre, o Risco de pegar Covid é bem reduzido.

De acordo com um artigo publicado no final de junho, no periódico Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), o uso de máscara permanece fundamental, já que a principal fonte de disseminação do vírus é pelo ar. Outro estudo reforça essa tese. Publicado na plataforma MedRxiv e sem revisão por pares ainda, esta outra pesquisa foi desenvolvida por cientistas da Universidade da Flórida (EUA) e demonstrou que as partículas do vírus podem permanecer no ar como aerossóis, se espalhando rapidamente.

Como funciona a transmissão por aerossol?

Ao respirar, falar, tossir, gritar ou espirrar expelimos gotículas respiratórias, que produzem aerossóis microscópicos por por evaporação. Se uma outra pessoa estiver perto está sujeita aos aerossóis.

Há condições que facilitam a transmissão: proximidade, número de pessoas agrupadas, quantidade de fluido disperso no ar pela pessoa contaminada e circulação de ar. Então, usar máscara e manter o distanciamento de cerca de 2 metros nun parque, por exemplo, torna o risco de contaminação praticamente nulo.

Vale o mesmo para uma praia ou trilha com poucas pessoas. Porém, é muito fácil o cenário mudar. Basta sentar na mesa com o pé na areia conversando de perto, cantando, falando alto ou gritando para aumentar de novo o risco. E na trilha? Se dividir barraca com um amigo que não compartilha a mesma casa, toda a potencial proteção vai por água abaixo.

Tendo tudo isso em mente, ao retomar as atividades outdoor, é importante manter alguns cuidados:

Evite aglomerações: fique em grupos pequenos, evite locais muito frequentados, como algumas cachoeiras, praias, trilhas ou falésias. Se mais grupos chegarem ao mesmo local, considere encerrar mais cedo suas atividades. Mantenha os pedais em grupo restritos a poucas pessoas

Mantenha os mesmos grupos: Rever os amigos de atividades é fantástico, mas se puder, tente manter o contato restrito ao mesmo grupo de pessoas. A ideia é sempre restringir potencialmente a circulação do vírus

Mantenha o distanciamento social mínimo de 2 metros: em parques, ou mesmo no outdoor, é mais fácil. Mas não descuide na hora das refeições, de dormir (levar barracas individuais ou por casal, por ex), ou mesmo ao organizar as caronas de carro

Pesquisadores da Universidade de Oxford, no Reino Unido, e do MIT, nos EUA, desenvolveram uma tabela que ajuda a avaliar os riscos de contágio. Por um período rápido, em um ambiente ao ar livre ou mesmo fechado, mas bem ventilado, com poucas pessoas, em silêncio e usando máscara, o risco de contágio é baixo. Em contrapartida, se tiver muita gente no local, mesmo sendo ao ar livre, por um período prolongado, o risco de contágio é iminente, embora as pessoas estejam usando máscara.

Precisa usar máscara ainda nos esportes ao ar livre?

Sim. Para fazer qualquer atividade em espaços públicos, a recomendação dos especialistas (e o que determina a lei no país) é que usemos máscara. Sempre que houver chance de aparecem outras pessoas, o que num local público é sempre possível, você deve usar máscara.

O risco de pegar covid é muito menor usando máscara, algo importante para neutralizar o aumento de risco da própria atividade – o esporte acelera a respiração, o que torna a aspersão de aerossóis muito maior.

Fonte: Go Outside

 
Documento sem título
 
Faça sua busca:
 
Almaderma

História
Nossos Princípios
Lojas
Espaço Café
 
Canais

Delivery
Convênios

Sustentabilidade

Descarte de Medicamento
 
Produtos

Cosmética e Beleza
Florais
Nutracêuticos
Nutrição
Nutricosmético
Saúde
 
Saúde

Índice Ultravioleta
Newsletter
 
Atendimento

Orçamento Online
SAC
Fale com o Farmacêutico
Fale com o Diretor
Trabalhe Conosco
 
A Almaderma apóia:
Alquimilla Farmácia de Manipulação Eireli EPP - CNPJ: 69.313.286/0001-61 - CVMS: 352590401-477-000062-1-1 - AFE: 0.21148.4 - AE: 1.33944.1 - Rua Jorge Zolner, 455 - CEP13201-039 - Jundiaí/SP - Telefone: (11)4583-2222 - Email: marketing@almaderma.com.br - Farm.Responsável: Heloisa Cristina Menegassi Aguiar Gomes - CRF-SP 50.330. Almaderma Farmácia de Manipulação Eireli EPP - CNPJ: 00.873.312/0001-00 - CVMS: 352590401-477-000069-1-2 - AFE: 7.39291.2 - AE: 1.3384436 - Rua Anchieta, 259 - CEP13201-804 - Jundiaí/SP - Farm.Responsável: Ana Paula Gonzalez Pires - CRF-SP 32.446. Nenhuma parte deste website pode ser reproduzido sem nossa permissão escrita. Qualquer dúvida sobre os produtos divulgados em nosso site, contate nosso atendimento ao cliente. Os medicamentos sob prescrição só serão dispensados mediante apresentação da receita ou envio pelo Site, Aplicativo, Fax, E-Mail ou Whatsapp. É proibido comercializar medicamentos controlados por meio remoto. Medicamentos podem causar efeitos indesejados. Evite a automedicação: informe-se com o farmacêutico. Copyright © 2012 - Produzido por FrameSet