Documento sem título
 
 
 
     
Documento sem título
Índice Ultravioleta
 
AlmaNews
 
Notícia - Como minimizar as varizes na gravidez Como minimizar as varizes na gravidez

O inchaço e as varizes na gravidez são incômodos comuns às mulheres, durante essa época em que a mulher sofre com as mudanças hormonais. E durante o verão isso tende a piorar, uma vez que o calor dilata as veias superficiais e torna as pernas pesadas e dolorosas.

Dicas para minimizar as varizes na gravidez

Segundo a cirurgiã vascular e angiologista Dra. Aline Lamaita, dois fatores principais colaboram para o surgimento de varizes em gestantes: “O primeiro fator é hormonal, já que a progesterona aumenta a dilatação de todas as veias do organismo. Além disso, o crescimento do feto eleva a pressão nas veias das pernas”. A especialista explica ainda que as estações mais quentes do ano provocam alteração na circulação, já que os vasos sanguíneos passam por uma vasodilatação para favorecer a transpiração e equilibrar a temperatura do organismo estável.

Para minimizar o problema nas gestantes, uma recomendação é o uso de meias de compressão a partir do segundo mês de gravidez. “O ideal é colocar pela manhã e tirar apenas na hora de dormir”, indica.

Confira outras dicas para aliviar o problema, segundo a angiologista:

• Controle o ganho de peso durante a gravidez;

• Antes de deitar, faça alongamentos para melhorar as câimbras;

• Beba bastante líquido;

• Use meias elásticas;

• Tente dormir de lado, de preferência o esquerdo (isso tira o peso do útero de cima da Veia Cava, liberando a circulação das pernas e melhorando o fluxo de sangue para a placenta);

• Pratique atividade física regular, de acordo com a indicação do seu médico obstetra;

• Faça drenagem linfática manual para ajudar na retenção de líquido.

Se mesmo seguindo essas orientações a gestante sentir uma piora no quadro, segundo a médica, não precisa se desesperar: “Grande parte do problema é reduzido depois do nascimento do bebê. Por isso existe a recomendação de esperar, pelo menos três meses, após o parto, o retorno do útero ao seu tamanho original para cogitar qualquer tratamento para varizes ou vasinhos”.

Passado esse período, a angiologista indica uma avaliação completa da circulação, para que assim possa ser definido o melhor tratamento a ser feito. “E essa é a parte fácil: fazer aplicação, cirurgia de varizes, enfim, o melhor tratamento para cada caso, porque as mulheres precisam de pernas em ordem para enfrentar a parte mais difícil e com certeza a mais gostosa de ser mãe”, diz.

Confira as mudanças que a gestante sofre em cada fase da gravidez:

Primeiro trimestre: “A barriga ainda não aparece, mas os hormônios já estão à flor da pele. O aumento da progesterona pode causar uma flacidez das veias o que pode levar a inchaço, dor nas pernas, tonturas e sensação de queimação”, comenta a médica.

Segundo trimestre: “A barriga ainda não está muito grande, o corpo já se adaptou ao aumento da volemia e variação hormonal. É uma fase mais tranquila, quando só é comum a queixa de câimbras à noite”, explica.

Terceiro trimestre: “A barriga atinge seu apogeu e junto com ela existe uma compressão importante da Veia Cava (dentro da barriga). Isso prejudica o retorno do sangue das pernas. Quanto maior for o ganho de peso durante a gestação, mais sofrido será esse período. Apesar de termos essas diferenças entre as fases da gestação, há pacientes que apresentam manifestações gravíssimas, com piora das varizes, tromboflebites, trombose, e por outro lado, há aquelas que não têm qualquer complicação”, finaliza.

Fonte: Fortíssima

 
Documento sem título
 
Faça sua busca:
 
Almaderma

História
Nossos Princípios
Lojas
Espaço Café
 
Canais

Delivery
Convênios

Sustentabilidade

Descarte de Medicamento
 
Produtos

Cosmética e Beleza
Florais
Nutracêuticos
Nutrição
Nutricosmético
Saúde
 
Saúde

Índice Ultravioleta
Newsletter
 
Atendimento

Orçamento Online
SAC
Fale com o Farmacêutico
Fale com o Diretor
Trabalhe Conosco
 
A Almaderma apóia:
Alquimilla Farmácia de Manipulação Eireli EPP - CNPJ: 69.313.286/0001-61 - CVMS: 352590401-477-000062-1-1 - AFE: 0.21148.4 - AE: 1.33944.1 - Rua Jorge Zolner, 455 - CEP13201-039 - Jundiaí/SP - Telefone: (11)4583-2222 - Email: marketing@almaderma.com.br - Farm.Responsável: Heloisa Cristina Menegassi Aguiar Gomes - CRF-SP 50.330. Almaderma Farmácia de Manipulação Eireli EPP - CNPJ: 00.873.312/0001-00 - CVMS: 352590401-477-000069-1-2 - AFE: 7.39291.2 - AE: 1.3384436 - Rua Anchieta, 259 - CEP13201-804 - Jundiaí/SP - Farm.Responsável: Ana Paula Gonzalez Pires - CRF-SP 32.446. Nenhuma parte deste website pode ser reproduzido sem nossa permissão escrita. Qualquer dúvida sobre os produtos divulgados em nosso site, contate nosso atendimento ao cliente. Os medicamentos sob prescrição só serão dispensados mediante apresentação da receita ou envio pelo Site, Aplicativo, Fax, E-Mail ou Whatsapp. É proibido comercializar medicamentos controlados por meio remoto. Medicamentos podem causar efeitos indesejados. Evite a automedicação: informe-se com o farmacêutico. Copyright © 2012 - Produzido por FrameSet