Documento sem título
 
 
 
     
Documento sem título
Índice Ultravioleta
 
AlmaNews
 
Notícia - Quais são os tipos de dor de cabeça e como combatê-los Quais são os tipos de dor de cabeça e como combatê-los

Classificadas como tortura por muitos que sofrem delas, as dores de cabeça são causadas, em geral, por dois motivos principais, segundo explica à BBC a médica britânica Anne MacGregor, cuja especialidade é justamente a cefaleia.

"Na maioria das vezes, elas se devem à tensão acumulada nos músculos ao redor da cabeça", diz. "Ou a mudanças na química do cérebro, que decodifica isso na forma de dor."

Tal atividade química no cérebro faz com que algumas pessoas sintam uma dor muito profunda e intensa, as temidas cefaleias.

Como há diferentes tipos de dores de cabeça, eles exigem intervenções e medicações distintas. A BBC preparou um informativo, com base em informações fornecidas por MacGregor e pelo NHS, o serviço de saúde pública britânico:

Tensional

São as dores mais comuns, que geralmente vêm na forma de uma dor constante em ambos os lados da cabeça - como se tivéssemos um elástico apertado em volta dela. Essas dores costumam durar de 30 minutos a várias horas (ou, excepcionalmente, vários dias).

Os fatores desencadeantes costumam ser a desidratação, o estresse, a má postura, a falta de sono, a tensão muscular no rosto e a irregularidade no horário das refeições.

Mudanças no estilo de vida costumam ajudar a reduzir duração e frequência - por exemplo, com um bom padrão de sono e de alimentação e bastante ingestão de água.

Em "cachos"

É um tipo mais raro - e extremamente doloroso - de cefaleia. É chamado assim porque a dor surge em cachos ou ataques agrupados durante um período contínuo que pode durar até três meses.

Geralmente acomete os pacientes em uma determinada época do ano (quase sempre a mesma), e depois há um período de remissão, em que as crises desaparecem.

Medicamentos comuns como ibuprofeno e paracetamol não costumam ser de grande ajuda nesse tipo de cefaleia. É o caso de consultar um médico, que pode recomendar tratamentos mais específicos e fortes.

Enxaqueca

As enxaquecas são menos comuns que as dores de cabeça tensionais, mas muito dolorosas e com potencial de interferir nas atividades diárias dos pacientes.

Chegam a causar náusea, vômito e uma forte sensibilidade a luz e barulho.

O normal é que durem algumas horas, mas às vezes elas podem se prolongar por vários dias.

Para aliviá-la (ou evitá-la), há remédios que dispensam receita médica. Mas, se a dor for muito persistente, recomenda-se recorrer a um médico de confiança para avaliar a necessidade de medicação mais forte.

Hormonal

As mulheres costumam ser mais acometidas por esse tipo de dor, que se deve geralmente a mudanças nos níveis hormonais e está associado ao ciclo menstrual. Alguns métodos contraceptivos, a menopausa e a gravidez costumam trazer consigo dores de cabeça dessa categoria.

Controlar os níveis de estresse, manter um padrão regular de sono e não pular nenhuma refeição podem ajudar a reduzir essas dores.

Recomendações gerais para evitar e aliviar as dores de cabeça

Para tentar evitar qualquer tipo de dor de cabeça, o NHS (o serviço de saúde pública britânico) dá os seguintes conselhos:

- Manter-se hidratado com bastante água;

- Descansar, principalmente em momentos em que você sentir sintomas de gripe ou falta de energia;

- Dentro do possível, evitar situações de estresse;

- Praticar esportes, uma vez que exercícios físicos têm um efeito positivo no nosso bem-estar geral;

- Ingerir analgésicos se a dor for persistente ou muito intensa. Os mais comuns são paracetamol ou ibuprofeno;

- Evitar o álcool, que pode piorar os sintomas;

- Não pular refeições, para manter estáveis os níveis de insulina do corpo;

- Não forçar a vista: evite passar muito tempo diante de telas;

- Não dormir demais, algo que pode intensificar a dor.

Fonte: BBC News

 
Documento sem título
 
Faça sua busca:
 
Almaderma

História
Nossos Princípios
Lojas
Espaço Café
 
Canais

Delivery
Convênios

Sustentabilidade

Descarte de Medicamento
 
Produtos

Cosmética e Beleza
Florais
Nutracêuticos
Nutrição
Nutricosmético
Saúde
 
Saúde

Índice Ultravioleta
Newsletter
 
Atendimento

Orçamento Online
SAC
Fale com o Farmacêutico
Fale com o Diretor
Trabalhe Conosco
 
A Almaderma apóia:
Alquimilla Farmácia de Manipulação Eireli EPP - CNPJ: 69.313.286/0001-61 - CVMS: 352590401-477-000062-1-1 - AFE: 0.21148.4 - AE: 1.33944.1 - Rua Jorge Zolner, 455 - CEP13201-039 - Jundiaí/SP - Telefone: (11)4583-2222 - Email: marketing@almaderma.com.br - Farm.Responsável: Heloisa Cristina Menegassi Aguiar Gomes - CRF-SP 50.330. Almaderma Farmácia de Manipulação Eireli EPP - CNPJ: 00.873.312/0001-00 - CVMS: 352590401-477-000069-1-2 - AFE: 7.39291.2 - AE: 1.3384436 - Rua Anchieta, 259 - CEP13201-804 - Jundiaí/SP - Farm.Responsável: Ana Paula Gonzalez Pires - CRF-SP 32.446. Nenhuma parte deste website pode ser reproduzido sem nossa permissão escrita. Qualquer dúvida sobre os produtos divulgados em nosso site, contate nosso atendimento ao cliente. Os medicamentos sob prescrição só serão dispensados mediante apresentação da receita ou envio pelo Site, Aplicativo, Fax, E-Mail ou Whatsapp. É proibido comercializar medicamentos controlados por meio remoto. Medicamentos podem causar efeitos indesejados. Evite a automedicação: informe-se com o farmacêutico. Copyright © 2012 - Produzido por FrameSet